quarta-feira, março 07, 2007

Diário de uma Pita apaixonada por um Elfo

2 de Setembro de 2006

Querido diário: Hoje conheci um elfo! Ele foi super simpático comigo! Eu estava assim, tipo, no centro comercial e de repente vejo alguem a puxar a minha saia! Era ele! O elfo! Chamava-se Rodrigues! Tomamos um gelado e encostadinhos naquelas mesas pragmáticas falamos a tarde toda! A sua história era muito interessante. Ele revelou-me que tinha 700 anos, que trabalhava nos seguros e que o seu prato preferido era macarrão com queijo. Estou apaixonada! Ele é tão fofo! Amanhã combinamos ir ao cinema! Mal posso esperar!**

3 de Setembro de 2006

Querido diário: Tive um dia inquietante. Não sei como me hei de sentir. Chegei ao cinema à hora combinada e lá estava o Rodrigues, todo bonito. Comprei os bilhetes, entramos romanticamente com um balde de pipocas na mão e sentamo-nos.
Ficamos no meio da sala. Eramos poucos. De repente, tipo, o filme estava a ser aborrecido e o meu elfo fofo, pegou-me na mão e começou-me a beijar. Eu nem me mexia! Estava tão contente! Mas ele parou subitamente e disse-me enquanto acariciava a minha mini-mini-saia:
“Acho que é uma boa altura para te dizer que sou casado...”
“Casado?”- disse eu. “E quando é que isso aconteceu?”
“Bem, foi na primavera de 1612...tempos místicos...”
Fiquei triste mas ele assegurou-me:
“Linda, não te preocupes, eu gosto de mulheres, não posso mudar isso...”
Agora, tipo, não sei o que fazer...gosto tanto dele...mas ele é casado...é tão difícil ser eu...

4 de Setembro de 2006

Querido diário: Já sei o que vou fazer! Vou a casa dele dizer-lhe que o amo! Vou fazer-lhe uma boa surpresa! Não aguento viver sem ele!

5 de Setembro de 2006

Querido diário: Hoje aconteceu algo horrível. Não quero ver o Rodrigues nunca mais...fui à sua casa na esperança de amor mas acabei por ficar com o coração despedaçado. Eu sei que ele deixa sempre a porta aberta, por isso abri-a e vi algo que não queria ver. Ele aos beijos com uma pita! E não era eu! Confrontei-o logo:
“Rodrigues! O que é que estás a fazer?”
Ele disse:
“Estou apenas a comer esta chavala...mas que merd*a é que tu queres afinal?”
Diário...sniff...ele magoou-me tanto... e depois acrescentou:
“A propósito, esta é a Tânia...”
Aí mal pude acreditar. Era a minha melhor amiga! Ela sempre teve o hábito de me roubar as cerejas no topo dos meus bolos, mas não sabia que tinha também o hábito de me roubar os elfos!
Nem olhei para ela e corri embora a chorar!
Fui para casa e agora estou aqui... a comer M&M’s para o esquecer...


6 de Setembro de 2006

Querido diário: Estou a pensar em coisas doidas. Talvez fosse melhor que eu não vivesse mais...esta dor que sinto...não a consigo esconder...só penso em sangue...em repousar para sempre num outro mundo onde os elfos não me podem magoar...oh...o meu telemóvel está a tocar! Já volto!

Era o Rodrigues! Ah! Estou tão contente! Ele disse que agora eu era a única na sua vida! Disse que já falou com a mulher para se divorciarem e também já não quer saber mais da Tânia! Estou tão feliz! Agora vamos ser só nós dois! Para sempre!

6 de Setembro de 2006

Querido diário: Uou! Continuo eu na minha cruzada para comer gajas! Esta semana já foram 7! Uma delas começou a atrofiar e até tive que lhe telefonar e tudo. Acho que estou a perder o jeito. De qualquer modo, estou a aproveitar! A vida é curta (quer dizer, para mim nem por isso) logo, quero fazer o que me apetece! Gosto de ser assim! Gosto de não ter sentimentos! Yeah! Sou o maior! Todos juntos, vá! Ro-Dri-Gues! Ro-Dri-Gues!



4 Comments:

At 8:04 da tarde, Anonymous velhote barbudo said...

se eu sei que este ro-dri-gues é inspirado em mim, vai haver mortos!!!

LOL

 
At 4:08 da tarde, Anonymous curtição said...

pá desconfio que o comment anterior foi feito por mim, mas a alzheimer jah não me permite tais certezas.

como tal, permitam me reiterar que vai haver mortos! ou seriam mortadelas? bem, jah nao me lembro, mas tb nao interessa. acho que estou a ouvir a campainha, deve ser a pita das 5:00h. bem, se me despachar, ainda lá chego a tempo de abrir a porta para a pita das 6:00h...

 
At 2:38 da tarde, Anonymous L.J. Tibbs said...

Li e estava a contar que o diário so acabasse lá para 11 de Setembro. Mas como a história termina a 6, foi um bocado anti climax.

Bem e agora vou fazer com que as duas suecas de erasmus que tenho na minha cama atinjao o climax... várias vezes.

 
At 2:28 da tarde, Blogger Daniel said...

Esta pita é muito culta. Nem usa uma porrada de xxxxxx nem o "u" a substituir o "o".
Tipo "O Rodriguex é tão fufituh. Goxtu tantuh, max tantuh del..." Mas entende-se o porquê de tal fenómeno para(a)normal. É para poupar caracteres, dizem elas. Ou melhor... caracterx, dixem elas.

Abraxo

(c'um caraças... já apanhei o vixio tb...)

 

Enviar um comentário

<< Home