sexta-feira, março 09, 2007



Heróis da nossa infância


Nome: D'Artacão

Idade: 21


Razões da sua popularidade: Era destemido! Não tolerava brincadeiras! E era essencialmente um rebelde. Com muito mais estilo do que o James Dean. Um rebelde com uma espada. Era mesmo! Ninguém fo*dia com ele!

Razões pelas quais as nossas mamãs não o curtiam: Além da rebeldia explícita, penso que os adultos em geral não gostavam da personagem porque para além de não o compreenderem, achavam perigosa a clara imagem de "sex symbol" que transparecia.
Isso e o seu vício na heróina.

Momentos altos da carreira: Todas as gloriosas batalhas em que participava com os outros Moscãoteiros para escapar às garras do Cardeal!

Momentos não tão altos da carreira: Todos estamos conscientes da épica batalha de D'Artacão com as drogas, mas penso que poucos acharam relevantes os episódios em que ele arrumava carros e dormia no parque.

Momentos bonitos: Sempre que estava com a Julieta! Tão fofos! Ele ficava tão nervoso!

Momentos que me fizeram crescer como indivíduo: No episódio em que se tornou um moscãoteiro. Foi como uma metáfora para a nossa vida. Se ele pode converter-se na pessoa que idealiza (cão, quero dizer), o que é que nos impede de nos transformarmos nos nossos próprios heróis?

Curiosidades: D'Artacão deve dinheiro à Máfia desde '87; joga muito bem ténis; Tem uma casa de luxo no Algarve; Não sabe ler!

Frase clássica: "Anda cá, filho de uma pega, apetecem-me umas espetadas!"

3 Comments:

At 8:20 da manhã, Anonymous Andre said...

Ta uma moca LOL :p
ganda maluco lol

eu por acaso via a série na tv francesa lol
achava piada lol não cheguei a ver em pt lol

porta-te man.

Abraço

 
At 4:04 da tarde, Anonymous curtição said...

Eu achei deveras relevante o episódio em que ele lambia "salsichas de cachorro" no parque eduardo sétimo para comprar limões e colheres.

 
At 2:31 da tarde, Anonymous L.J. Tibbs said...

Triste... muito triste. Estava eu tão bem disposto com estes singelos textos eis senão quando chego aqui e vejo este comentário insípido.

 

Enviar um comentário

<< Home